Google Translate: fr | ru | cn | se | jp

Natura Algarve

Natura Algarve premiada com o Certificado de Excelência 2015 do TripAdvisor

20.05.2015 // Natura Algarve

Pelo segundo ano consecutivo, a Natura Algarve foi premiada com o Certificado de Excelência 2015 do TripAdvisor.

print_logo_coe2015_en.jpg

Receber o Certificado de Excelência do Trip Advisor é motivo de grande orgulho para toda a equipa da Natura Algarve. Gostaríamos de agradecer a todos os nossos clientes pelas suas avaliações no TripAdvisor. As vossas considerações impulsionam-nos a trabalhar cada vez melhor para que a vossa experiência connosco seja memorável.

 

A importância da Ria Formosa para as aves

27.02.2015 // Natura Algarve

O sistema lagunar da Ria Formosa foi declarado Reserva Natural em 1979, através do Decreto-lei nº 45/79 de 2 de Maio, sendo o seu estatuto alterado para Parque Natural em 1987, pelo Decreto-Lei nº 373/87 de 9 de Dezembro, posteriormente regulamentado pelo Decreto Regulamentar nº 2/91 de 24 de Janeiro.

Lugar mágico

A maior parte da sua área é ocupada pelo sistema lagunar da Ria Formosa, sendo a zona húmida mais importante do sul de Portugal, cujas características naturais e situação geográfica aliadas à sua riqueza biológica, conferem a esta zona uma importância primordial como ponto de invernada de muitas espécies de aves oriundas do norte e centro da Europa, nomeadamente aves aquáticas e limícolas, albergando mais de 60.000 indivíduos.

Ostraceiros

Constitui um importante ponto de apoio a populações de aves em migração entre a Europa e África (pela disponibilidade de recursos alimentares e locais de repouso), sendo por tal a segunda zona em importância a nível nacional, depois do Estuário do Tejo, utilizada por mais de 40.000 limícolas.

A RIA FORMOSA ENCONTRA-SE INCLUÍDA NAS ROTAS MIGRATÓRIAS DO ATLÂNTICO ESTE, QUE É UTILIZADA POR CERCA DE 7 MILHÕES DE LIMÍCOLAS.

Esta área tem importância ecológica reconhecida internacionalmente, tanto que se encontra abrangida pelas disposições das Convenções de Ramsar (Decreto-Lei nº 191/80 de 9 de Outubro) e de Berna (Decreto-Lei nº 316/89 de 22 de Setembro). Além disso, foi considerada pela Wetlands Directory da UICN (União Internacional para a Conservação da Natureza) uma zona húmida de interesse mundial, pertencendo o próprio Parque à lista dos Biótopos Corine. Integrando a Rede Natura 2000, quer como Zona de Protecção Especial (ZPE) que como proposta Zona Especial de Conservação (ZEC) foi também, no contexto europeu, considerada uma Important Bird Area (IBA).

 IBAS - Important Bird Areas - são áreas consideradas prioritárias de conservação das aves e dos seus habitats. São classificadas segundo critérios acordados a nível mundial tais como o grau de ameaça, proporção de efectivos populacionais, entre outros. Desde a década de 80 foram identificadas 7500 IBAS terrestres.

 Cegonha

DENTRO DA ÁREA PROTEGIDA DO PNRF EXISTEM 3 ZONAS QUE FORAM CLASSIFICADAS COMO RESERVAS NATURAIS, DEVIDO À SUA SENSIBILIDADE E IMPORTÂNCIA ORNITOLÓGICA: O LUDO E ZONAS DA ILHA DESERTA E DA ILHA DE TAVIRA.

Duna Culatra

No nosso próximo artigo fique a saber quais foram as aves que levaram à inclusão da Ria Formosa como zona húmida de interesse internacional e mais algumas curiosidades sobre este fantástico parque natural no Algarve.

Até lá :)

Caimão - o símbolo da Ria Formosa

12.12.2014 // Natura Algarve

 http://www.natura-algarve.com/blog/wp-content/uploads/2013/02/dsc_2359.JPG

Nos anos 80 do século passado, o Ludo foi o último reduto do Caimão (Porphyrio porphyrio).

Também conhecido como Camão ou Galinha-sultana, esta era uma das aves mais raras de Portugal. A sua área de distribuição cingia-se à Ria Formosa e a espécie estava em risco de desaparecer como nidificante. No entanto, ao longo da década de 1990 a espécie encetou uma espectacular recuperação, tendo colonizado pequenas zonas húmidas a poente da Ria Formosa, em virtude da adopção de medidas de protecção e da criação de novas lagoas, algumas inseridas em campos de golfe. Hoje ocorre não só um pouco por todo o Algarve, como também em certas zonas húmidas do Alentejo e no Baixo Mondego, onde feito um projecto de reintrodução. 

O Caimão distingue-se pela plumagem azul, que contrasta com o vermelho do bico e patas e é o símbolo do Parque Natural da Ria Formosa, sendo uma das espécies de aves mais interessantes de observar para quem faz birdwatching no Algarve. As penas infracaudais são brancas, sendo esta característica facilmente visível quando a ave levanta a cauda.

É um ralídeo adaptado a zonas palustres com abundante vegetação aquática, em particular tábua que é um dos seus alimentos preferidos. As aves escondem-se frequentemente por entre a vegetação, mas as suas vocalizações, que fazem lembrar um trompete, denunciam a sua presença.

O seu estatuto de protecção mantém-se vulnerável devido à pequena população, à fragmentação do seu habitat e às ameaças que subsistem sobre zonas húmidas sem estatuto de protecção, sendo o Algarve a melhor região de Portugal para observar esta espécie.

topo da página