Google Translate: fr | ru | cn | se | jp

Natura Algarve

As Pradarias Marinhas da Ria Formosa

24.05.2014 // Natura Algarve

As Pradarias Marinhas encontram-se distribuídas nos oceanos, águas costeiras, lagoas, rias ou nos estuários. Ocupam grandes extensões em fundos de areia ou fundos lodosos e, em zonas bem iluminadas, podem alcançar profundidades de 30 metros ou mais.

 Pradarias Marinhas da Ria Formosa

Estas pradarias são constituídas por plantas que antigamente coloriam os nossos campos e que, devido a um processo evolutivo, abandonaram a terra e fizeram da água o seu novo lar, denominando-se assim como plantas ou ervas marinhas.

A Ria Formosa é um dos locais de eleição para o desenvolvimento destas plantas marinhas, também conhecidas como Sebas.

Quem visita a Ria Formosa pode observar enormes extensões de Pradarias Marinhas e é graças a elas que a Ria é uma fonte de riqueza natural.

As Pradarias Marinhas abrigam muitos animais marinhos que procuram proteção das correntes e das ondas, servem também de esconderijo para se protegerem de predadores e se desenvolverem em segurança. Nas Pradarias Marinhas da Ria Formosa podemos encontrar animais como o Choco, Cavalo-Marinho, Raia, Sargo, Ameijoa, Polvo e Caranguejo, entre outros.

As folhas das plantas marinhas são ótimos abrigos para os animais marinhos deixarem os seus ovos e são também um delicioso petisco para peixes e algumas aves aquáticas se alimentarem.

É graças à sua enorme quantidade de Pradarias Marinhas que a Ria Formosa tem, até à data, a maior comunidade de Cavalos-Marinhos do mundo. Seres simpáticos e muito sensíveis, que utilizam a cauda para se agarrar às plantas.

Venha connosco conhecer as Pradarias Marinhas e muito mais, num agradável passeio de barco pela Ria Formosa com partidas de Olhão.

O seu comentário

topo da página