Google Translate: fr | ru | cn | se | jp

Natura Algarve

Parque Natural da Ria Formosa

03.03.2009 // Natura Algarve

Ostraceiro O Parque Natural da Ria Formosa foi criado no ano de 1987 com o objectivo de proteger e conservar este sistema lagunar, nomeadamente a sua fauna, flora e respectivos habitats. Tem também em consideração as inúmeras espécies de aves migratórias que dele usufruem em determinadas épocas do ano. O desenvolvimento sócio-economico sustentado e a protecção cultural e natural é gerido de modo equilibrado e compatível.
Na sua área total podemos encontrar paisagens como o cordão dunar, praia, área de sapal, espaços florestais, agro-florestais e espaços urbanizados, pisciculturas e salinas. No entanto, a maior área é ocupada pelo sistema lagunar (18000ha), sendo a zona húmida mais importante do sul do país, estando incluída nas rotas migratórias do Atlântico Este albergando mais de 60.000 indivíduos.
A sua importância estende-se também a outros níveis. No que diz respeito à flora, no PNRF podemos encontrar alguns dos vários endemismos que ocorrem na região algarvia: Thymus carnosus, com o seu intenso cheiro a lavanda, Hypecoum procumbens, Limonium algarvense, entre outros. Na fauna há que salientar a ocorrência do Camaleão Chamaeleo chamaeleon, espécie ameaçado de extinção e cuja distribuição em Portugal está confinada ao litoral Sotavento do Algarve.
Podemos ainda salientar o património cultural associado às actividades económicas e também ao seu passado histórico. Os moinhos de maré, os antigos tanques de salga, o núcleo histórico de Cacela-Velha são apenas o exemplo de muitas coisas a visitar neste Parque Natural.
Acompanhe-nos numa visita guiada com imensos factos, histórias e lendas para contar…

4 Comentários

  • Carlos Manuel Afonso

    Estou pronto a colaborar de maneira a preservar o pouco que temos e que por falta de cultura das pessoas andam a destruir a nossa ria. Ando nela de Kayak e só tenho por vezes pena de ver coisas e nada puder fazer afim de penalizar situações que são um atentado a fauna e flora da nossa ria.

  • Paulo Resi

    Vivo em Tavira perto das salinas da Foz (entre Tavira e Santa Luzia) e passo grande parte do meu tempo tanto a andar de kayake como a correr nos percursos das “minhas” SALINAS e há algumas situações que acontecem já há algum tempo em pleno PNRF, que são proíbidas pelo plano de ordenamento e violam o determinado pela respectiva resolução de conselho de ministros. Brevemente farei um comentário mais objectivo e fundamentado, mas falo de dois individuos que aos fins de semana e feriados vão para aquela zona com parapentes a motor que fazem um barulho infernal e ali andam incomodando tudo e todos…(ontem por exemplo fui correr no final de tarde e vi como de costume os flamingos a chegarem para passarem a noite, mas acabaram por andar de um lado para o outro a evitar esses dois anormais que lá andavam a voar a cerca de 30 metros de altura, acabando por se refugiarem numa salina um pouco mais afastada), outra situação são os adeptos do aeromodelismo que costumam ir para o mesmo local e é um caos autentico com os voos a baixa altitude e o barulho que fazem, outra questão são as bombas utilizadas para bombear água para as salinas, as que são a gásoleo além de serem ruidosas, quando passam horas e horas a trabalhar perdem imenso combustivel para o chão ficando a área circundante num estado que só visto e isto É GRAVE.
    Bem vou terminar, isto foi mais um desabafo, até porque estou a avançar a acção devida porque realmente não compreendo o que certas pessoas teem na cabeça…mas enfim, sempre assim foi e sempre assim será, infelizmente.

  • Ricardo Barradas

    As denuncias de atentados ao património ambiental deverão ser feitas para o SEPNA - Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente.

  • ShrinkURL

    O parque natural da ria formosa é uma visita obrigatória para todos os que apreceiem eco turismo, não se vão arrepender.

O seu comentário

topo da página